quarta-feira, 6 de julho de 2011

COMO É QUE SERIA O CONTINENTE CHAMADO ÁFRICA SE NÃO TIVESSE SIDO INVADIDO PELOS EUROPEUS? Origem dos países africanos

Como é que seria o continente africano se não tivesse sido invadido pelos europeus e se os africanos não tivessem assimilado cegamente as fronteiras administrativas fruto da pilhagem ocidental europeia? Como os africanos viveriam sem terem assimilado cegamente as línguas europeias? Como africano e Moçambicano que sou hoje, posso afirmar que o continente chamado Africa em si ou o país chamado Moçambique como tal, é fruto da colonização europeia. Si não tivéssemos invadidos, provavelmente o Continente teria outra configuração e, certamente não esta que conhecemos hoje. Os povos chamados africanos hoje estavam a se desenvolver dentro da sua lógica filosófica, cultural, política, econômica e administrativa e intercambiavam com outras culturas como os Persas, Árabes, Indianos, chineses. A existência dos entrepostos comerciais ao longo da costa leste do continente africano como Mombaça-Kênia, Quilua, e outros tantos mostra a interação dos africanos com outros povos. Por outro lado, existias cidades de intercâmbios onde muitos reinos começavam a enviar seus filhos e súditos para se escolarizarem, falo de Tumbuktu onde chamamos hoje Africa Ocidental. Se formos a observar, notaremos que o que se chama Guiné Bissau hoje é constituído por diferentes etnias que outrora eram amigos ou inimigos e no entanto, hoje dividem o mesmo espaço geográfico chamado Guiné Bissau e assim como Moçambique. Sou da etnia Tsonga/Machangana. Até 1895, antes do derrube do Império de Gaza pelos colonizadores portugueses, este estado abrangia Maputo, Gaza até a Manica e Sofala e um pouco da Africa do Sul e Zimbabwe. Seguindo está lógica o país que se chamaria Xanganalândia, provavelmente abarcaria povos que falam Xichanga na Africa do Sul, Sul e centro de Moçambique e o Sudeste de Zimbabwe. Mas tudo isso não aconteceu porque alguns povos vieram de onde não se sabia o lugar e junto com a Igreja cristã romana, colocaram a regua na mesa delimitando espaços que eles consideravam por direito "divino" seus. Estes espaços chamam-se países africanos hoje. Sabem por que Moçambique se chama Moçambique? Quando os portugueses chegaram á Ilha onde habitava um comerciante de gente (o que chamam eles por escravos), encontraram este negociante (traficante de seres humanos) de gente com o nome de Mussá Al Bik e daí chamaram toda terra que delimitaram no mapa depois da conferência de Berlim por Moçambique. Os povos que vivem no território localizado na costa oriental de África, no canal de "Moçambique" se orgulham hoje por serem moçambicanos, ou seja, nome de um traficante Árabe deles. Portanto, Os países que conhecemos hoje, a maioria delas com suas delimitações são fruto da colonização.
Certamente, os povos africanos teriam outra configuração de território, países e teriam sistemas governativos que se centrariam no hibridismo, provavelmente, dado os contactos que efectuavam com outros povos sem perderem efetivamente suas referências, línguas, religiosidade.