quinta-feira, 12 de setembro de 2013

A TERRAPLANAGEM DAS VIAS DE ACESSO QUE SE FAZ COM A VISITA DO PRESIDENTE?

COSSA, Lourenço
 
De repente, os povos das localidades por onde o Presidente da República visita nas suas presidências abertas (comícios políticos populares do Presidente da República de Moçambique) começam a verem e a observarem a movimentação incomum de tratores, pá escavadeiras no arranjo/terraplanagem das vias de acesso/estradas por onde este chefe máximo do governo e do país vai passar. Esta arrumação é acompanhada pela pintura das arvores plantadas ao longo da via e mesmos as que estão no mato nas bermas dos caminhos são pintadas.
No dia-a-dia fora das vesperas da visita presidencial estas vias são caracterizadas pelas covas e pedregulhos que atormentam os motores dos veículos e os poucos transportadores semi-coletivos, vulgos Chapas100 que se fazem nessas vias. O tormento é tanto que um carro dura aproximadamente uma semana antes dos  seus parafusos soltarem e se perderem no permeio da areia e nesses buracos e pedregulhos da "estrada".
No final de cada jornada de sobrevivência estes transportadores são obrigados a fazerem balaço das megalhas que receberam dos passageiros e dos danos de seus carros de caixa aberta na sua maioria e poucos mini-bus que transportam os passageiros, ncluíndo dois autocarros dos TPM empresa estatal.
Não será caso para apelarmos ao presidente da República para visitar as localidades ou bairros nestes imenso Moçambique semanalmente?
Com toda certeza, os mesmos caminhos estariam sempre transitáveis e diminuiriam as dores de cabeça dos donos de veículos automóveis transportadores semi-coletivos como não.
Ha quatro 4 dias (10/09/2013) antes da visita Presidencial Aberta e Inclusiva do Presidente Armando Guebuza ao Distrito Municipal da KaTembe-Maputo, os troços/caminhos que partem da Ponte-Cais passando pelo Bairro Chalí à Inguide onde foram construídas o Sistema de Abastecimento da Água pela FIPAG foram terraplanadas. Acho que o Presidente irá visitar ou inaugorar aquelas instalações ja construídas e terminadas a quase um ano. Quem sabe se é agora que todos múnícipes da KaTembe irão se beneficiar daquela água! 
Ontem andei quase que confortavelmente a noite na volta do serviço sem medo da contusão ou me deslocar o pé devido aos buracos e pedras que interagem com a suposta estrada.
De facto, o Presidente deveria visitar semanalmente KaTembe, ja que a terraplanagem  daquelas todas vias é coisa rara. Pelo que me lembro só aconteceu na visita do chefe do Estado ano passado!